“Todas as tristezas diminuem com o pão” – Miguel de Cervantes de Dom Quixote

A primeira vez que fiz pão foi na escola e apaixonei-me por todo o processo. Desde então, tentei várias maneiras de fazer pão – incluindo com uma máquina de fazer pão – mas há algo sobre fazer pão à mão que, para mim, é a mais satisfatória. Aparentemente, há 9 anos escrevi sobre as minhasContinue a ler ““Todas as tristezas diminuem com o pão” – Miguel de Cervantes de Dom Quixote”

O pão e a culpa

Desde que me conheço sei o pãoE o corto em companhia.Por ele me bate o coração,E em sua dobra quenteGrelava outrora a alegriaDe mim e de muita gente. Uma hastilha de seiva começava-oComo um fio de luz,E a eira rasa dava-oTal como a rosa de alva a cor produz. Vinha a nós como o ReinoContinue a ler “O pão e a culpa”

Há dias assim

Acontece a todos… momentos de distração e as coisas não saem como queremos especialmente na cozinha. Pelos menos é assim comigo. No outro dia, o pão saíu do forno com, digamos, um tom diferente. Já tenho feito pão de azeitona em outras ocasiões portanto cheguei à conclusão de que em vez de ligar o temporizadorContinue a ler “Há dias assim”

Um homem é tão bom quanto as suas ferramentas

Emmert Wolf Não é necessário adquirir equipamentos especiais para fazer pão, mas queria partilhar algumas das coisas que, para mim, têm feito uma diferença no resultado final do pão feito cá em casa. Não se vê na foto porque está tapada pelo pano e pela capa, mas a minha preferência é para utilizar uma tigelaContinue a ler “Um homem é tão bom quanto as suas ferramentas”

Só os fortes sobrevivem

Provérbio da Namíbia Para manter uma massa mãe temos que mantê-la forte, alimentando-a cuidadosa e regularmente. Mas antes disso, temos que a criar. Conseguimos criar a massa mãe porque é fermentada pela combinação simbiótica entre lactobacilos e leveduras que se desenvolvem naturalmente no ar e na farinha. Leva uns dias para conseguir esta fermentação, masContinue a ler “Só os fortes sobrevivem”

A paz é para o mundo o que o fermento é para a massa

~Talmude babilónico~ As pesquisas que tenho feito nos últimos meses sobre como fazer pão em casa levaram-me à conclusão que os pães feitos com um fermento natural são melhores do que aqueles feitos com fermento de padeiro ou granulado de pacote como costumava fazer. Este fermento natural chama-se massa mãe ou massa madre (sourdough starterContinue a ler “A paz é para o mundo o que o fermento é para a massa”

“No banquete da vida a amizade é o pão, e o amor é o vinho.”

— Paolo Mantegazza 1831 – 1910 De amizade, De amor, De vida, Vinho Noutro dia fiz um pão que é muito apreciado cá em casa que, por acaso, se chama “Friendship Loaf” ou “Pão de Amizade”. A receita é do livro “Sourdough”, escrito por uma americana chamada Sarah Owens. “Sourdough” em Português é massa mãeContinue a ler ““No banquete da vida a amizade é o pão, e o amor é o vinho.””

Partilhando a experienca de fazer pão em casa

Já lá vão muitos anos desde quando fiz pão pela primeira vez. Estudava culinária na escola e um dia cheguei à aula com um saco cheio de ingredientes para fazer pão. Nunca imaginava que iria gostar tanto do processo e nem imaginava que sentiria tanta anticipação enquanto a massa levedava. E o cheiro de pãoContinue a ler “Partilhando a experienca de fazer pão em casa”

Create your website with WordPress.com
Iniciar